10MAR

Inadimplência no comércio de Lajeado volta a subir e ultrapassa os 26%

Depois de uma leve queda nos dois primeiros meses de 2020, a inadimplência no comércio de Lajeado voltou a subir e nesta segunda-feira (09) atingiu 26,1%. O aumento de 0,5% em relação a fevereiro é apontado pelo banco de dados da Boa Vista Serviços, segundo o qual, dos 60.730 CPF’s de pessoas maiores de 18 anos ativos na Receita Federal, 15.860 estão com alguma restrição no Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). O levantamento da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Lajeado ainda indica que o crescimento do percentual também pode ser observado em nível estadual, onde se registrou, nessa mesma data, a marca de 31,4%, o que corresponde a mais de 2,5 milhões de inadimplentes, ou seja, 0,6% a mais do que no mês passado.

Quanto ao perfil, não houve mudanças. A maioria dos devedores de Lajeado continua sendo do sexo masculino (51,3%) na faixa dos 30 a 34 anos (16,9%) e que recebe entre um e dois salários (54,5%). Já no Rio Grande do Sul, o maior percentual se concentra nas mulheres (50,7%), com idade entre 35 e 39 anos (13,8%) e com renda mensal de um a dois salários mínimos (51,6%).

Mais notícias

1 2